RESIDÊNCIA MÉDICA NO HAM


O Hospital Adventista de Manaus (HAM) recebeu no início deste ano os primeiros residentes do Programa de Residência Médica do Amazonas, com atuação direta na área de Clínica Médica. O Credenciamento, concedido pela Comissão Estadual de Residência Médica do Amazonas (CERMAM) foi formalizado no mês de março.

A residência médica é uma modalidade de ensino de pós-graduação destinada aos médicos, sob a forma de curso de especialização. Funciona em instituições de saúde, sob a orientação de profissionais médicos de elevada qualificação ética e profissional, sendo considerado o “padrão ouro” da especialização médica.

Para o Dr. Francisco Mateus, Coordenador Clínico do HAM, a residência médica é uma conquista para a Instituição: “Foram diversos anos em que procuramos trazer a residência para o hospital. Hoje nós temos as cinco vagas preenchidas em clínica médica, pois entendemos que a residência médica em uma instituição aumenta demais a qualidade e segurança no atendimento”, explica. Segundo o coordenador, em 2017, o Hospital irá expandir as especialidades em residência: “No próximo ano iremos evoluir para cirurgia geral, anestesia e outras áreas também”, afirma.

De acordo com o Enfermeiro e Coordenador do Centro de Estudos e Pesquisas do HAM Israel Lemos, para a implantação da residência médica, o hospital precisou atender a critérios técnicos, tais como: um bom nível de internação física, a própria demanda do hospital, número de leitos, biblioteca e a qualificação técnica dos profissionais. “A qualificação técnica de nossos profissionais contou muito para liberação da residência. O alto nível de formação acadêmica da equipe composta de médicos professores e com doutorado também foram fundamentais para a implantação do programa de residência”, conta.

O residente Samir Salim, destacou um dos diferenciais do Hospital Adventista de Manaus: “Sabemos que a instituição possui um selo de qualidade e tecnologia que proporciona uma resolução mais rápida de diagnósticos dos pacientes. A implantação da residência médica contribui muito para termos um crescimento mais dinâmico, beneficiando tanto nós médicos como os pacientes”, conclui.