OFICINA DE HOTELARIA HOSPITALAR


img_05431A gestão de hotelaria do HAM realizou nos dias 4 e 5 de julho a OFICINA DE HOTELARIA HOSPITALAR , que contou com a presença de Marcelo Boeger, Presidente da Sociedade Sul-americana de Hotelaria Hospitalar e professor no Centro de Ensino e Pesquisa Albert Einstein . A oficina teve como tema “Humanização e Sustentabilidade”.

Anathuza Trindade, Gestora de Hotelaria do HAM, fala sobre a parceria com Boeger e os objetivos da oficina: “O professor Marcelo Boeger é consultor e parceiro da instituição há quase cinco anos. Quando nós implantamos o serviço de hotelaria ele foi um dos consultores que nós chamamos para nos ajudar e orientar por onde começaríamos, pois não tínhamos hotelaria hospitalar. Estas oficinas vieram como uma estratégia de fazer com que as pessoas trabalhem de forma multiprofissional e interdisciplinar. Nós criamos as oficinas com temas diversos, mas que se completam. Eles são diferentes, mas necessários.  Optamos em colocar todos os setores que estão debaixo desta gerência de hotelaria ,e no caso do nosso hospital, é o setor de Higienização, Internação, Governança, Diagnóstico, Pronto Atendimento, Consultório, Segurança e Nutrição. Todos os serviços que atendem o cliente de  forma bem direta”, explica.

Para Boeger, o objetivo principal da oficina é interligar os setores através de uma abordagem multiprofissional:

“A parceria surgiu em 2012 quando fui chamado para fazer um diagnóstico do hospital. A partir de então, conseguimos estabelecer um diagnóstico de ações a serem desenvolvidas. O HAM então começou a se movimentar nesta direção, e todo diagnóstico de 2012 pra cá foi completado. Treinamos líderes, capacitamos pessoas e mudamos processos. O objetivo principal dessa capacitação é capacitar, assim como capacitam os médicos, enfermeiros e todas as outras áreas do hospital.  Esta área deve ser privilegiada e contemplada, para que as pessoas da própria hotelaria percebam que elas são importantes, que o elas fazem é importante e tem uma conseqüência na saúde do paciente, na segurança e nos resultados financeiros da instituição. Quanto mais capacitadas as equipes forem ,mais elas terão entendimento sobre as outras áreas. Desta forma, estamos ajudando a harmonizar as áreas do hospital e criar empatia das outras áreas para com a área de higiene, que foi o foco hoje”, Afirma.