MAIS UMA CONQUISTA


No mês de agosto, o Hospital Adventista de Manaus (HAM) comemorou o recebimento do certificado de Acreditação Plena conferido pela ONA (Organização Nacional de Acreditação), em reconhecimento pela integração dos processos hospitalares. A cerimônia da certificação recebeu autoridades eclesiásticas da Igreja Adventista e políticas da cidade de Manaus, que comemoraram juntas essa conquista. Segundo Antônio Guilherme Macedo, diretor técnico do hospital, a integração da parte administrativa e do corpo clínico está diretamente ligada à ONA 2.

Em 2013 o HAM foi o primeiro hospital do Amazonas a conquistar o nível 1 de acreditação pela segurança oferecida aos pacientes. Agora se tornou o único hospital do Estado a alcançar o nível 2. “O Hospital Adventista de Manaus, para a Igreja Adventista na América do Sul, é uma referência, e isso significa motivação para toda a rede hospitalar e, ao mesmo tempo, qualidade de serviço à comunidade”, declarou Erton Kohler, presidente da Divisão Sul-Americana.

Além da certificação ONA, o HAM também foi escolhido como hospital sede para a FIFA durante a copa do mundo, colocando-o como modelo para os demais hospitais da rede e cidade de Manaus. Para Arthur Virgílio Neto, prefeito da capital, o atendimento e os investimentos do hospital são de grande importância para a população.

Para o corpo clínico e administrativo da instituição, a maior motivação dessa conquista é saber que, além de ser um hospital reconhecido nacionalmente, é um lugar no qual o prêmio maior está em salvar vidas para Jesus, o Médico dos médicos. “Ter conquistado o nível 1 para nós foi uma alegria. O nível 2 foi uma interação de processos. A instituição para ser reconhecida nível 2 precisa ter entre seus colaboradores o conhecimento e a interação de todos os processos do hospital, mas nós queremos mais. Nós queremos a excelência”, afirma Gideon Basílio, diretor do HAM.